Tratamentos Faciais

O verdadeiro elixir da juventude

O Peeling é um procedimento que consiste em aplicar substâncias químicas sobre a pele de forma a estimular a renovação das camadas epidérmicas, favorecendo a sua consistência, uniformidade da pigmentação nos tratamentos de Hiperpigmentação (manchas, melasma, pano de gravidez).

Como resultados do tratamento podemos esperar obter uma diminuição da intensidade das rugas e um rejuvenescimento e hidratação da pele, com uma adequada secreção sebácea, uma boa consistência e luminosidade. Peeling significa “descamar”, eliminar por esfoliação química o estrato superficial da pele.

Os efeitos dos ácidos sobre a pele podem aparecer mais rapidamente quando utilizados em alta concentração para a realização dos Peelings químicos.

Nestes procedimentos, podem ser utilizados diversos tipos de ácidos de acordo com o resultado que se deseja obter e com a profundidade que se deseja atingir. Os ácidos mais usados são o glicólico, retinóico, salicílico, láctico, mandelico, o tricloroacético (TCA) e o fenol, assim como as suas fórmulas modificadas. Dependendo da concentração e do valor de pH em que são empregados nas formulações, desencadeiam o Peeling superfic ial, médio e profundo.

Bons resultados podem ser obtidos com vários Peelings superficiais seriados, realizados a pequenos intervalos. A descamação subsequente costuma ser fina e não chega a atrapalhar o dia-a-dia, podendo a pessoa voltar à sua vida normal no dia seguinte.

Os Peelings superficiais melhoram a textura da pele, clareiam manchas e atenuam rugas finas, além de estimular a renovação do colagénio que melhora a firmeza da pele.

Já os Peelings médios, provocam descamação mais espessa e escura, necessitando de 7 a 15 dias para retorno à vida normal, porém são mais indicados quando a pele já apresenta asperezas como as ceratoses (lesões pré-cancerosas), rugas mais pronunciadas e tratamentos de acne.

Os Peelings médios renovam a camada superficial da pele, clareando manchas e alterações de superfície da pele, como rugas, algumas cicatrizes de acne e as ceratoses. Os Peelings superficiais e médios podem ser realizados nas Clínicas de Estética credenciadas.

Mas os Peelings profundos são procedimentos médicos, e apenas médicos que estão habilitados para fazê-los, pois em mãos inábeis podem trazer resultados desastrosos.

O Peeling profundo só pode ser realizado sob sedação, devido à dor durante o procedimento, enquanto alguns Peelings superficiais são completamente indolores.

Para se realizar um Peeling químico qualquer, a pele deve ser preparada previamente com uma boa Limpeza de Pele, Microdermoabrasão ou um Peeling Ultrasónico (uma Limpeza de pele através de ultrasons) com antecedência de 10 a 15 dias e também receber um tratamento pós-peeling ao seguir.

Estes cuidados permitem a obtenção de melhores resultados, além de ajudar a evitar possíveis efeitos indesejáveis dos Peelings, como pigmentação pós-peeling ou queimaduras, que podem acontecer mesmo quando todos os cuidados são tomados.

Imediatamente após o Peeling químico, evitar exposição demasiada ao sol, já que a nova pele é frágil e muito mais susceptível a ser danificada. É importante, usar o Protector Solar e os produtos com alto teor de regeneração e hidratação.

O seu especialista de estética indicará os cuidados apropriados para que a pele recuperar mais rápido.

O preço e frequência dos Peelings são muito variáveis e depende da substância utilizada para realizar o Peeling, a profundidade de actuação na pele, o tipo de pele, o historial clínico geral, a idade e o estado cutâneo, do tipo de tratamento escolhido por especialista.

A frequência aconselhada é de 7 dias aos 7 meses.

O SPA Dramático oferece o vasto leque dos Peelings com preços dos 65€ por sessão aos 150€.